Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Queres o quê? Ah, claro que sim. Ou então talvez não. Sei lá...

Existem dois momentos sagrados na vida deste felino. O primeiro é passado na casa de banho. O segundo é a pausa para café.

Ao primeiro, vou-vos poupar a pormenores mais visuais ou literários. Já ao segundo, se acompanham este blog estão fartos de saber que eu e a cafeína temos uma relação umbilical. Ela clama por mim e eu bebo-a. Em doses cavalares. Se algum dia virem um gajo no Aeroporto da Portela a tentar embarcar com uma mala cheia de cápsulas Nespresso, sou eu. Bottom line? Quem me conhece, já se habituou a lidar com as minhas pequenas particularidades (mau feitio, necessidade absoluta de parar ocasionalmente para um cigarro e três cafés). Mas ocasionalmente, tenho de lidar profissionalmente com aqueles que não me conhecem, o que é uma aventura.

Hoje recebi um mail que dizia resumidamente o seguinte.

 

"Bom dia,

Tu não me conheces e eu não te conheço. Prazer. Vamos passar a lidar diariamente um com o outro.

Preciso de uma base de dados devidamente actualizada até amanhã."

 

Sorri. Gosto sempre de lidar profissionalmente com pessoas dementes e completamente abstraídos da realidade.

Respondi diplomaticamente ao mail de uma forma mais ou menos resumida.

 

"Bom dia,

É uma realidade que não nos conhecemos e é altamente improvável que algum dia isso venha a acontecer.

Quanto a lidar diariamente um com o outro, isso é discutível. Mas sujeito a negociações. Sou facilmente subornável, aceito cápsulas Nespresso, Mastercard e American Express.

Entendo que precises de uma base de dados. Até entendo que precises dela até amanhã. Mas aqui reside o busílis da questão. Há algo que nos separa entre a tua necessidade e a minha vontade. Dados. Para além de que, mesmo com esses dados, seria mais fácil o Inferno congelar e o Donald Trump ser mexicano do que essa base de dados estar actualizada em menos de 24h.

Como sempre, estou disponível para qualquer esclarecimento adicional. Embora ache que fui claro. Na pas de dados, na pas de base."

 

Cinco minutos depois, recebo um telefonema do superior hierárquico da criatura.

 

- Olha lá, tu estás bem?

- Estou.

- Já bebeste café hoje?

- Não o suficiente.

- Ok, vai lá beber café. Eu já te ligo.

 

Dez minutos depois, novo telefonema.

 

- Já bebeste café?

- Não o suficiente mas diz...

- Olha lá, tu viste a porra de mail que mandaste ao fulano beltrano?

- Acho que sim. Não tenho muito o hábito de rever o que escrevo. Insultei-o?

- Não necessariamente...

- Então estás a lixar-me os fígados porque carga de água? Tens a noção do tempo necessário para criar uma base de dados de raiz minimamente em condições? Porra, se ele me quer f*der, pelo menos que me pague o jantar primeiro, não? E já agora, se faz favor também se usa, não? Que eu saiba, ainda és tu que mandas aí na chafarica.

- ...

- Agora pergunto-te eu. Já bebeste café?

- Não.

- Vai beber café. O teu mal é falta de cafeína.

- E o teu é essa forma de estar.

 

E enquanto do outro lado da linha ouvia todas as 1001 razões pelas quais eu sou um dos seres mais odiado ao cimo da terra e quiçá arredores, eu colocava a minha melhor voz de call center de chamadas de valor acrescentado e dizia "por favor não desligue, a sua chamada é muito importante para nós" e cantava o "Only You" dos The Platters.

Apenas uma típica manhã.

Winds of change

E eis que chegou o dia anunciado.

O governo da coligação caiu, a ménage à esquerda emergiu.

Os amigos ligados à banca tremem por todos os lados. Dizem que se a ARC Rating considerar Portugal lixo, lá se vai a nossa capacidade de financiamento por meios de venda de dívida portuguesa ao exterior. E se isso vai à viola, já toda a gente sabe o que se segue.

Estou expectante para ver o que isto dá, embora não tenha um pressentimento muito bom. Acordos assinados à hora de almoço, tudo feito pela calada como se estivéssemos a falar de um grupo de adolescentes que observam a sua primeira revista pornográfica na vida.

Se a memória não me trai, isto 4 anos atrás sob governação PS, estava péssimo. Outros dirão que antes disso sob governação PSD, já estava um horror. Também posso dizer que no tempo do Afonso Henriques, a coisa também não era linda dado que o gajo cortou a carola à mãe.

Políticos? Raça de valor muito duvidoso, seja qual for a sua cor política, direcção ou género.

Uma vez mais, estou expectante.

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D